7 dicas para vencer as mais difíceis tentações da carne

7 dicas para vencer as mais difíceis tentações da carne

Quem aqui – mesmo sendo crente verdadeiro – não tem pelo menos uma fraqueza “daquelas” que chega até a tirar o seu sono em alguns momentos da vida? Creio que todos somos “contemplados” com uma – ou algumas – fraquezas. Mesmo que busquemos a Deus, as fraquezas estão sempre diante de nós. A Bíblia chama isso de guerra do espírito contra a carne (Gálatas 5.17). O próprio apóstolo Paulo passou por isso quando disse: “Porque não faço o bem que prefiro, mas o mal que não quero, esse faço.” (Romanos 7.19)

Mas será que existe alguma dica, algo que facilite nossa luta e vitória contra as tentações da carne e, consequentemente, nos ajude a vencer e agradar a Deus? É o que buscarei apresentar a você através de algumas dicas:

DICA 1: ADMITA VERDADEIRAMENTE SUA FRAQUEZA

Jesus declarou aos apóstolos: “A carne é fraca” (Mateus 26.41). Alguns não conseguem vencer as fraquezas da carne porque fingem que elas não existem, que elas não são fortes o suficientes para derrubá-los, até que caem derrubado por elas. Por um tempo passam a ficar mais “espertos”, mas logo ignoram novamente sua fraqueza e caem novamente. Jesus nos chamou a olharmos para a nossa realidade. Olhe para você mesmo e admita que a sua carne é fraca e que as tentações tem poder sim.

DICA 2: NÃO FAÇA DA FRAQUEZA DA SUA CARNE UM DESCULPA PARA PECAR

Alguns dizem que se a carne é fraca então não há como vencê-la. Essa é a forma negativa e incorreta de interpretar a orientação de Jesus. Jesus mandou constatarmos conscientemente a fraqueza da nossa carne a fim de sermos mais cuidados diante dela. Note que no texto de Mateus 26.41 Jesus não apenas diz que a carne é fraca, mas nos dá elementos que tornam a nossa vitória contra ela possível.

DICA 3: A VITÓRIA CONTRA AS TENTAÇÕES É UMA PARCERIA ENTRE DEUS E VOCÊ

Aqueles que acham que poderão vencer as tentações por milagre erram tanto quanto aqueles que acham que as vencerão apenas pelas suas próprias forças. Jesus disse: “Vigiai e orai, para que não entreis em tentação” (Mateus 26.41). Observe que “vigiai” pressupõe uma atitude nossa, a nossa parte. “Orai” pressupõe algo que confiamos ao poder de Deus, a parte de Deus. Isso é uma parceria que, se levada a sério, funciona perfeitamente contra as tentações. Foi a parceria vista na vida de Jesus Cristo.

DICA 4: FAÇA SUA PARTE

Não adianta nada orar e confiar que Deus nos ajudará se nós também não fizermos a nossa parte nessa parceria. Recebo, por exemplo, muitos emails de pessoas que estão cedendo à tentação da pornografia e não conseguem vencer. A maioria desses emails busca uma solução que seja mágica. Porém, sempre respondo questionando se a pessoa está mudando hábitos, se está fechamento brechas, se está fazendo algo que efetivamente mude o estilo de vida que leva a essa tentação. Somos seres racionais, precisamos avaliar cuidadosamente as possibilidades e porquês. Por que pecamos? Por que caímos sempre no mesmo pecado? Por que estamos tão fracos? Gostamos desse pecado? A ideia que Jesus ensina com o “vigiai” é de um guarda vigilante, totalmente atento ao que está acontecendo. Isso é vigiar.

Prepare-se para OBRA:

– Teologia sem mensalidades (Clique aqui!)

-Guia do Pregador Iniciante (Clique aqui!)

-Kit Ilustrações, Esboços e Sermôes (Clique aqui!!)

-Curso Teclado para Igrejas ( Clique aqui!)

– Outros Materiais  Cristão para sua Preparação. (Clique aqui!)

DICA 5: SERÁ QUE DEUS FARÁ A PARTE DELE?

Pode até parecer que essa pergunta é absurda, mas muitas pessoas desconfiam se Deus realmente está agindo a favor delas. Aqui precisamos exercer a fé e as práticas espirituais. Jesus mandou orarmos. Isso pressupõe fé e relacionamento com o Deus que age nos ajudando. A palavra nos revela com detalhes a ação de Deus frente a tentações: “Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar.” (1 Coríntios 10.13). Observe que Deus limita a força e o poder das tentações adequando-os ao que podemos suportar e vencer e, além disso, nos ajuda.

DICA 6:  DÊ O PRIMEIRO PASSO

Muitas pessoas estão muito machucadas por causa das guerras que vêm travando com suas tentações há muitos anos. Algumas chegam até a desistir. Porém, Deus nos chama a sermos santos. E isso significa que devemos levantar a cabeça e nos levantar contra qualquer coisa que fira nossa santidade. Dê o primeiro passo. Vença sua fraqueza hoje, depois a vença amanhã e depois de amanhã também, e assim por diante. Um dia de cada vez, uma batalha de cada vez. Dê o primeiro passo, comece a vigiar e a orar mais. Tome atitudes concretas diante da tentação que te aflige como se você fosse um soldado diante de um inimigo que quer te machucar e tirar sua vida.

DICA 7:  NÃO DESISTA SE PERDER UMA BATALHA

 A maioria das pessoas têm recaídas diante de suas fraquezas. Talvez por descuido ou por outro motivo. Se acontecer de você cair diante de uma batalha, não hesite em comparecer perante Deus e buscar o perdão Dele (1 João 1.9). Deus está vendo seu empenho, Ele sabe como tem se esforçado nessa guerra. Peça perdão, levante a cabeça e entre novamente na guerra, mas agora mais revigorado e mais experiente para não mais cair nas mesmas artimanhas do inimigo.

Fonte: Site Esboçando Ideias por Presbítero Andre

Como Vencer a Pornografia

A SUA VITÓRIA DEFINITIVA CONTRA A PORNOGRAFIA!

Assista o vídeo abaixo até o final e aprenda como vencer DEFINITIVAMENTE a pornografia aplicando os 15 passos do método criado pelo pastor e sexólogo cristão Alemar Quintino

 

Para quem é indicado o Método 15P – Vença a Pornografia em 15 passos?

Imagem ilustrativa: Material em formato Ebook em PDF. Não é livro de papel

Sobre O Autor do Método 15P – Vença a pornografia

Meu nome é Alemar Quintino, pastor, psicólogo e sexólogo. Sou casado com Hévila Gomes e pai de Neemias e Helen Hévila.

Possuo Pós-Graduação em Sexualidade Humana e Terapia Cognitiva Comportamental. Em meu consultório trabalho com terapia familiar, de casal e sexologia.

Tenho ministrado cursos, palestras, seminários e workshops para vários grupos de pessoas tratando do tema da sexualidade com ênfase especial no problema da pornografia. Fui levado a trabalhar essa temática devido ao fato de nos últimos anos tenho tido uma procura muito grande por casais, jovens, adolescentes e pais de crianças para o tratamento do vício em pornografia. São pessoas de todos os lugares do Brasil e vários de outros países com a idade que vai dos 9 aos 60 anos. Já atendi crianças com 9 anos de idade que apresentava uma forte dependência em pornografia.

 

 

ATENÇÃO: GARANTIA DE PRIVACIDADE

Eu entendo o quanto são íntimas suas informações e seus hábitos, por esse motivo nós garantimos a Privacidade TOTAL de Suas informações e o Sigilo Sobre o Método caso você venha a fazer. NINGUÉM IRÁ SABER DISSO a menos que você queira. Em sua fatura de cartão de crédito (ou em seu boleto bancário) virá escrito: TEOLOGIA 15P. Não terá nenhuma menção sobre “pornografia”. Você não precisará dar explicações a ninguém! (Veja abaixo como participar)

Imagem ilustrativa: Material em formato Ebook em PDF. Não é livro de papel

VAMOS VENCER JUNTOS A PORNOGRAFIA? Clique aqui!

Dados Recentes:

Um estudo revela que as crianças entre 11 a 17 anos de idade são as que mais consome PORNOGRAFIA.
As comparações estatísticas foram feitas com base nos últimos cinco anos.

Outro estudo feito recentemente, voltado para o público cristão, o material traz dados alarmantes. Cerca de 68% dos homens que frequentam igrejas acessam alguma forma de pornografia regularmente.

O estudo revela que entre os jovens de 18 a 24 anos de idade, 76% dos cristãos procuram ativamente por pornografia, sobretudo na internet. Além disso, 49% afirmam saber que todos, ou a maioria de seus amigos, fazem o mesmo.

Um dado que chamou atenção é o fato de que 33% das mulheres entre 13 e 24 anos acessam conteúdo pornográfico regularmente.

SIM! Quero participar e vencer a Pornografia agora mesmo Totalmente Sigiloso (Clique Aqui!)

Adultério: O que significa na Bíblia? Os homens podiam ter mais mulheres?

Adultério: O que significa na Bíblia? Os homens podiam ter mais mulheres?

Provavelmente você já deve ter lido alguma passagem da Bíblia que fala a respeito do adultério. Talvez até saiba um pouco a respeito do que se trata, no entanto, é preciso compreender bem algumas questões do Antigo Testamento e do Novo Testamento para entender como o assunto era entendido na Bíblia pelos homens e como era entendido por Deus. Nesse estudo vamos responder algumas perguntas, tais como: Se adultério era pecado, porque vários homens de Deus tiveram várias esposas? E: Deus aceitava esse comportamento deles?

O que realmente a Bíblia Sagrada fala sobre o adultério?

(1) O adultério acontece quando existe uma ruptura dentro do relacionamento de unidade do casamento. Essa ruptura acontece por meio da traição de uma das partes, que se relaciona sexualmente com alguém de fora, quebrando a aliança de fidelidade. Esse geralmente é o significado mais básico de adultério. No entanto, era muito comum na antiguidade que homens (numa sociedade machista e sem considerar a vontade de Deus) saíssem com outras mulheres, mas apenas evitassem a penetração sexual como forma de se “evitar” o adultério. Eles entendiam o adultério baseados em suas culturas corrompidas e não baseados naquilo que realmente é diante de Deus.

 (2) Talvez pensando nesses casos, Jesus traz uma profundidade nunca antes vista a respeito do que realmente significava adultério diante de Deus: “Eu, porém, vos digo: qualquer que olhar para uma mulher com intenção impura, no coração, já adulterou com ela” (Mateus 5:28). O simples fato de ser tentado na mente não era pecado, mas quando fantasias sexuais mentais fossem estimuladas com alguém que não era a esposa, Jesus considera como um adultério.

 (3) Sabemos que o Antigo Testamento fala muito sobre o adultério, inclusive, um dos dez mandamentos é claro e objetivo sobre ele: “Não adulterarás” (Êxodo 20:14). No entanto, observamos que principalmente os homens das culturas antigas entendiam o adultério de uma forma diferente da que entendemos hoje (principalmente diante da luz dada por Jesus em Mateus 5:28).

Os servos de Deus e o adultério
Por exemplo, observamos Abraão aceitando ter relações com a serva egípcia Agar com o apoio da esposa para que tivessem filhos por meio dela (Gênesis 16:1-4). Observamos também que Davi tinha concubinas (uma espécie de esposa, mas com status inferior ao da esposa oficial): “Todos estes foram filhos de Davi, afora os filhos das concubinas; e Tamar, irmã deles” (1 Crônicas 3:9).Além disso temos o caso excepcional do mulherengo Salomão: “Tinha setecentas mulheres, princesas e trezentas concubinas; e suas mulheres lhe perverteram o coração” (1 Reis 11:3). Esse comportamento, porém, não era aceitável diante de Deus, já que mesmo no Antigo Testamento está claro a vontade de Deus de que o casamento fosse entre um homem e uma mulher: “Por isso, deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne” (Gênesis 2:24) e que os reis não tivessem várias esposas: “Tampouco para si multiplicará mulheres, para que o seu coração se não desvie; nem multiplicará muito para si prata ou ouro” (Deuteronômio 17:17).
(4) Esses casos de homens considerados servos de Deus, mas que tiveram mais de uma esposa, mostram passagens bíblicas que chamamos de descritivas, ou seja, que descrevem os fatos tais quais como ocorreram e não que o comportamento ali narrado fosse aceitável diante de Deus. Deus não aceitava de forma alguma o adultério. Podemos ver isso nas diversas advertências bíblicas contra o adultério: “O que adultera com uma mulher está fora de si; só mesmo quem quer arruinar-se é que pratica tal coisa” (Provérbios 6:32). Observamos também na lei de Moisés que o adultério era considerado um atentado contra a família e contra a sociedade, ao ponto de Deus estabelecer a pena de morte a quem o praticasse (homem e mulher): “Se um homem adulterar com a mulher do seu próximo, será morto o adúltero e a adúltera” (Levítico 20:10). Mas, infelizmente, a cultura do “jeitinho” também foi muitas vezes usada para burlar as leis de Deus.

(5) Dessa forma, compreendemos que o adultério é sempre uma ameaça a instituição sagrada criada por Deus, que é a família. Homens e mulheres casados devem sempre cuidar para não cair nesse tipo de laço, seja na mente ou mesmo em ações concretas. Vale lembrar as advertências severas dadas na Bíblia a respeito dos adúlteros: “Digno de honra entre todos seja o matrimônio, bem como o leito sem mácula; porque Deus julgará os impuros e adúlteros” (Hebreus 13:4)

Fonte Site do Esbocando Ideias

UMA CARTA DE JESUS PARA VOCÊ

UMA CARTA DE JESUS PARA VOCÊ.

JESUS TE AMA MUITO ! LEIA AS MENSAGENS DO CORAÇÃO DE DEUS PARA SUA VIDA !

Este Site tem o objetivo postar mensagens Evangélicas, de desenvolvimento pessoal ou de Outros Site ou Blog com autorização deles para você com Link deles no final do conteúdo. Sempre com intuito de Evangeliza vidas e ganhar almas para o Reino do Céus. Mensagens do coração de DEUS para você e seus amigos !

Que DEUS abençoe todos que nos visitam com intuito de crescer espiritual e pessoalmente.

CARTA DE JESUS!
:À VOCÊ :
 ESCREVO ESTA CARTA PARA LHE DIZER QUE SINTO A SUA FALTA .
CONTEI MINHAS OVELHAS E NOTEI QUE FALTAVA UMA : VOCÊ.
 PORQUE FOI EMBORA?
 ALGUÉM TE FERIU ?
DESPREZOU?
 MALTRATOU ?
COM CERTEZA NÃO FUI EU !
 PERDOE ME POR ELES .
 SEI QUE SEU CORAÇÃO ANDA TRISTE E VAZIO , POIS O MUNDO APESAR DE SEUS ATRATIVOS E ILUSÕES , NADA TEM PARA LHE OFERECER .
 NÃO SE ARRISQUE , EXISTEM MUITOS PERIGOS .
 SEU FEROZ INIMIGO , MEU OPOSITOR , SATANÁS ESTÁ FAMINTO , MATANDO , ROUBANDO , E DESTRUINDO .
 SE NÃO FOSSE POR MINHA INFINITA MISERICÓRDIA VOCÊ TERIA MORRIDO .
VOLTE PARA MIM .
 NÃO PERMITA QUE O SACRIFÍCIO QUE FIZ NA CRUZ TENHA SIDO EM VÃO .
DEI MINHA VIDA POR VOCÊ .
 NÃO TENHA VERGONHA DE VOLTAR !
 EM BREVE VOLTAREI PARA BUSCAR MINHA IGREJA E QUERO TE ENCONTRAR , E IREI LEVÁ LO (A ) A CASA DE MEU PAI ONDE HÁ MUITAS MORADAS E LÁ ESTÁ A SUA FELICIDADE ETERNA .
 VENHA , VOLTE POIS SÓ DEPENDE DE VOCÊ .
AGUARDO TE .
DE SEU SENHOR E SALVADOR : JESUS CRISTO

Jesus te ama muito ! Creia nisso !

* COPIE E ENTREGUE ESTA CARTA AS PESSOAS QUE CONHECEM E SE AFASTARAM DA CASA DE DEUS !
 

 

O Casamento é a União e Símbolo de Cristo e a Igreja

Casamento Evangélico: O Casamento é a União e Símbolo de Cristo e a Igreja

Qual é a opinião que você tem sobre o casamento hoje?

Muitos pensam que casamento e um mar de rosa que tudo e uma maravilha, mas na realidade toda rosa tem seus espinhos.

Mas qual é a opinião que Deus tem sobre o casamento? Além de tudo isso foi uma idéia dEle. A bíblia nos ensina que Deus vê o casamento como uma união.

Em primeiro lugar, a Bíblia ensina que o casamento cristão é uma união simbólica. É o símbolo de Cristo e a Igreja. Nós os homens- e confesso que me inspira temor- somos figuras de Cristo no que se refere ao lar. Nosso comportamento deve ser tão bom, para que nossos familiares, vizinhos e amigos vejam Cristo em nós. Representamos a Cristo quando fazemos o que Cristo nos manda em Efésios 5:25 “Maridos, amem suas mulheres, assim como Cristo amou a igreja e entregou-se a si mesmo por ela”. A Jesus Cristo se apresenta como o esposo da igreja e aos maridos como a Cristo. As nossas esposas se apresenta como a igreja, e a igreja como uma mulher. Este simbolismo eleva o casamento a sua mais alta dimensão.

Em segundo lugar, a bíblia ensina que o matrimonio é uma União Real, não é meramente simbólica. Vamos ler a bíblia: “Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e eles se tornarão uma só carne”. Gênesis 2:24. Devemos deixar nossos pais e nos unir somente com nossa esposa. É uma união íntima e total entre um homem e uma mulher, essa união é até que a morte os separe.

A união no casamento deve existir em todos os níveis, começa em um plano espiritual mas não termina ali. O casamento cristão também une a um casal intelectual, social e  físico.Você e eu como esposos devemos fazer que nossas esposas tenham parte em cada uma das áreas de nossas vidas para que verdadeiramente possamos ser “somente um”. Cristo deve ser o centro do casamento. Cristo é quem nos mantém unidos e próximos.

 

Muitos casamento fracassam,, porque deixa parente se intrometer no seu casamento e caba trazendo fracassando.

 

Em terceiro lugar, o casamento cristão é uma União Exclusiva. É uma união de pureza. A bíblia diz que o casamento deve unir a um homem e uma mulher até que a morte os separe. Eles já não são dois, mas sim somente um. “…Que ninguém separe o que Deus uniu” (Marcos 10:9). Quando você se casa, dá um passo importantíssimo. Está unindo toda a sua vida- corpo, alma e espirito- a outra pessoa. Isto deixa de lado todas as terceiras partes. O sétimo mandamento claramente ordena: “ Não cometerás adultério” (Êxodo 20:14).

Aos olhos de Deus, o casamento deve ser absolutamente exclusivo. Uma vez casado, o afeto e vida sexual devem estar dedicados ao seu cônjuge até que a morte separe a ambos. Deus não admite uma vida sexual leviana porque isso destrói tudo o que o casamento deve ser.

Em quarto lugar, a bíblia afirma que o casamento é uma União Complementar. É uma união de necessidade e dependência mutua. Deus disse: “ Não é bom que o homem esteja só. Farei uma ajudadora e auxiliadora para ele” ( Genesis 2:18) Deus fez um homem e uma mulher de tal maneira que se complementem entre si. “ …As mulheres não são independentes dos homens, e os homens não são independentes das mulheres” (I Corintios 11:11). Quando marido e mulher se complementam – compartindo, lendo, orando, fazendo coisas juntos- o casamento é transformado.
O potencial de um casamento se converte em realidade, quando um casal busca ter uma união real, exclusiva e complementar que honre a Deus, e somente então que o casamento de verdade simboliza a relação entre Cristo e a Igreja.

Conclusão: O casamento tem que ter companheirismo, sinceridade, amizade entre o homem e mulher, saber lidar com situações delicadas que o esposo (a) esteja passando, e ajudar e apoiar nas horas difíceis, saber perdoar e se compreensível. Casamento não e feito somente de rosas tem seus espinhos, mas e para edificar e fortalece o casamento.

 

 

Como os maridos podem demonstrar o seu Amor por suas esposas

Como os maridos podem demonstrar o seu Amor por suas esposas

No começo de um relacionamento e cheio de caricia, amor para cá, e muito romance no ar, depois que casar muitos se esquece de dizer um, bom dia meu amor, acordar com beijos e caricia, e se importar, mas em trabalhar, trabalhar e não deixar falta nada para dentro de casa , será que um casamento ser resumi nisto ou em muito mais????

O que pode ser feito para se lidar com este hábito de negligência?

Aprecie-a de fato. As esposas precisam de gratidão real, não de representação. De fato, as esposas não odeiam nada mais do que serem tratadas com condescendência. A suspeita de que um homem possa estar expressando apreciação porque tem obrigação de fazer isso gerará ressentimento. O que é preciso é algo mais do que um esposo que fale e Haja como se desse valor a sua esposa.

O único modo de resolver o problema da falta de expressão de apreciação que vale a pena é resolver o próprio problema da falta de apreciação. Palavras de gratidão são insultos vazios se o coração do homem não estiver envolvido. Dar doces no Dia dos Namorados é bonito, e também flores no Dia das Mães. Mas sinais de apreço são baratos se  não são dados com genuíno amor. Se nossas esposas não ouvem bastante sobre quanto significam para nós, pode ser porque esquecemos quanto elas realmente significam para nós. E podemos começar a remediar isso redescobrindo como nossas esposas são especiais.

Conte as virtudes dela. Os esposos fariam bem em passar algum tempo bem freqüentemente relembrando-se de quantos atributos elogiáveis suas esposas possuem. Há muita possibilidade de que as qualidades que originalmente sugeriram o pedido de casamento ainda estejam lá. Elas provavelmente aprofundaram-se com o passar do tempo e foram enriquecidas pela adição de outras características ainda mais admiráveis. Estas precisam apenas de ser relembradas conscientemente para serem apreciadas. E, enquanto ele estiver contando as virtudes de suas esposas, o esposo mediano pode encabeçar a lista com a generosidade benevolente que ela demonstrou ao casar-se com ele!?!
O esposo que medita sobre sua esposa, que ora por ela, e enumera a Deus as coisas sobre ela pelas quais ele é grato, cedo ou tarde vai se encontrar sendo mais expressivo desses pensamentos a sua própria esposa. Se ele conta as bênçãos dela –os modos pelos quais ela tem sido inigualavelmente dotada por Deus– ele estará bem no seu caminho para mostrar sua apreciação mais abertamente.

Ponha-se no lugar dela freqüentemente. Ajudar sua esposa no seu trabalho é um modo seguro para aumentar a apreciação de um esposo. Não é exagero dizer que o esposo mediano não poderia agüentar-se por muito tempo, física ou emocionalmente, sob a carga que a mãe mediana e dona de casa carrega sete dias por semana. Mas se ele se oferecer para ajudar de vez em quando, conforme a oportunidade permite, ele terá uma dose de realidade que fará bem a qualquer casamento.

Até mesmo as coisas rotineiras que as esposas fazem não são somente exigentes fisicamente, elas exigem uma variedade de habilidades que um esposo pode bem subestimar até que ele tenha metido suas próprias mãos em um bocado delas. Um esposo que seja sério sobre aprender a ser mais expressivo de sua apreciação precisa tirar vantagem de cada oportunidade que tem de experimentar a vida como ela a vive. Deixe-o fazer o papel de tolo atrapalhando-se nas tarefas que sua esposa executa com facilidade e perícia e ele será um homem raro se puder continuar a não lhe dar valor.

Matérias para auxilia no seu Ministério.

– Teologia sem mensalidades (Comece aqui!!!)

-Kit Curso Pregador Completo! (Comece aqui!!!)

– Memorização Fácil da Bíblia (Comece aqui!!!)

– Formação de Professores Para o Ministério Infantil (Comece aqui!!!)

-Curso Teclado para Igrejas ( Comece aqui!!!)

– Outros Materiais  Cristão para sua Preparação. (Comece aqui!!!)

“Mulher virtuosa, quem a achará? O seu valor muito excede o de finas jóias…. Levantam-se seus filhos e lhe chamam ditosa; seu marido a louva, dizendo: Muitas mulheres procedem virtuosamente, mas tu a todas sobrepujas” (Provérbios 31:10,28-29). Esposo cristão está em você exprimir sua gratidão a sua esposa. Você a ama? Você a aprecia? Diga-lhe isso, antes que seja muito tarde.

Fonte do Estudo:

www.esbocandoideias.com

Conselho para Casais Cristão: Saiba Ouvi!

Conselho para Casais Cristão: Saiba Ouvi!

Todo o homem seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar.” Tiago 1:19.

Quando temos pouca disposição para ouvir nosso cônjuge transmitimos a impressão de que o que ele pensa e sente não são tão importantes para nós. E assim, quem não quer ouvir se aborrece e quem quer falar se sente desvalorizado e rejeitado. Se isso acontece com você, use um cronômetro mental e procure investir mais tempo para ouvir seu cônjuge de duas formas:

Por meio dos ouvidos (você ouve o que ele está dizendo) e pelo coração (o que ele está sentindo).

Desenvolva a habilidade de ouvir seu cônjuge com interesse. Pare o que está fazendo e preste atenção no que ele está dizendo, ainda que você esteja assistindo seu programa favorito na televisão, ou seu seriado predileto (risos). Demonstre atenção por meio dos olhos e da expressão facial e corporal. Ele vai se sentir amado, valorizado, compreendido, aceito e apoiado. Essa atitude, ouvir mais e falar menos, vale por mil “eu te amo!”. Se, de repente, não for possível ouvir o outro naquele momento, diga-lhe: “Eu sinto muito não poder dar a atenção que você merece agora, mas a gente pode conversar melhor tal hora.” A esposa que escuta o marido atinge um excelente nível de segurança e satisfação no relacionamento. Pois, a liberdade de falar com amor, proporcionará ao casal uma comunicação plena e saudável.

Segredos para um casamento feliz

O “felizes para sempre” pode se concretizar na vida real assim como nos contos de fadas. Não é algo que se conquista de uma hora para outra. Ele provém de inúmeras pequenas atitudes e decisões acertadas.

Não precisamos esperar até o fim para que a felicidade aconteça. Pelo contrário, devemos buscá-la diariamente. As atitudes sábias contribuem para a felicidade a dois, e uma boa dose de sensibilidade permite que a encontremos nas coisas mais simples.

Veja 15 segredos para você ser feliz e fazer o outro feliz:

1 – Não adie a felicidade

Algumas pessoas esperam que a felicidade conjugal chegue quando comprarem sua casa, ou quando tiverem seu primeiro carro, ou quando encontrarem um emprego melhor, ou quando conquistarem seu diploma universitário. Seja feliz agora, com o que você tem.

2 – Sinta gratidão e externe-a ao seu cônjuge

A gratidão está diretamente relacionada à felicidade. Reconheçam, nas mínimas coisas, motivos para ser grato. Externe a gratidão que você sente. Aquela palavrinha mágica que aprendemos na infância deve ser empregada abundantemente no casamento. Diga coisas como: “Obrigado pelo bem que você me faz!”, “Obrigado por ser tão gentil!”, “Obrigado pelo delicioso jantar!”. Procure motivos para agradecer ao seu cônjuge, e você encontrará.

3 – Confie e seja confiável

Um casamento atormentado pelo ciúme não perdura. Confie no seu cônjuge. Dê-lhe motivos para confiar em você.

4 – Fuja das discussões acaloradas

As brigas são as maiores ciladas em um casamento. Em vez de se alterarem numa conversa, dêem um tempo até que a cabeça esfrie. Dê uma volta, tome um banho, retire-se um pouco. Quando os ânimos acalmarem, conversem civilizadamente.

5 – Demonstrem seu amor fisicamente

Tocar, acariciar, beijar, andar de mãos dadas, abraçar, são atitudes essenciais para manter viva a chama do amor. As relações sexuais sadias dentro do casamento são muito importantes, mas não devem ser o único foco. Os abusos, por sua vez, de forma alguma são aceitáveis. Eles destroem o amor romântico e acabam com a beleza natural da intimidade sexual.

6 – Seja honesto nas finanças

Não há felicidade conjugal que resista à falta de clareza quando o assunto é dinheiro.

7 – Surpreenda

Faça algo inesperado. Um bilhetinho no bolso da camisa, uma flor quando voltar para casa, um presentinho, um jantar romântico sem avisar, uma mensagem de amor no celular, um passeio, etc.

 

8 – Elogie

Dê elogios sinceros à pessoa que você ama. Fale do seu sorriso, do olhar, dos cabelos, do caráter, da voz, da forma como ela se comporta, da sua postura, do ótimo profissional que é, da ótima dona de casa e mãe, enfim, faça seu cônjuge saber o quanto você o admira.

 

9 – Dê apoio

Apoie seu cônjuge num projeto pessoal ou profissional, num momento de doença, de tristeza ou de fraqueza. Ajude-o a superar suas dificuldades. “O casamento é como uma longa viagem em um pequeno barco a remo: se um passageiro começar a balançar o barco, o outro terá que estabilizá-lo; caso contrário, os dois afundarão juntos.” David Reuben.

10 – Andem na mesma direção

A felicidade conjugal só é possível se ambos tiverem a visão sobre a vida, valores e interesses semelhantes; forma parecida de se comportar e objetivos comuns sejam temporais ou eternos.

11 – Façam do seu casamento um eterno namoro

No início do namoro é comum que as pessoas queiram surpreender, ser atraentes, fazer mil coisas para agradar, mostrar o melhor de si. Depois de algum tempo convivendo juntos, dá para ter uma ideia melhor de como a pessoa é, dos seus defeitos e de como ela se porta nas mais diversas situações.

Algumas pessoas pensam que, por já estarem casadas, podem cair no desleixo em relação às atitudes. Não cortejam mais, namoram pouco, não se arrumam nem ficam cheirosas. Sentem-se no direito de agirem com grosseria ou serem mal-humoradas grande parte do tempo.

Obviamente, aquele corpinho esbelto de solteiro acabará ficando para trás com o passar do tempo. Não tem como lutar contra o metabolismo e a lei da gravidade. No entanto, muito pode ser feito para se manter atraente física, intelectual, emocional e espiritualmente. “O bom casamento é um eterno noivado.” Theodor Körner.

12 – Dialogue constantemente

O diálogo é a chave da solução dos problemas.

13 – Seja altruísta

A preocupação com o bem-estar do outro é uma das mais importantes atitudes para a felicidade conjugal. Esqueça o “eu”. Deixe o egoísmo de lado e busque satisfazer as necessidades do outro acima das suas.

Qual curso Você gostaria de fazer para ajudar no seu Ministério?

Curso Bacharel em Teologia, Descubra o Kit 2000 Ilustrações, Esboços e Sermões, O Curso de Memorização da Bíblia!+ lmente Ebook Como Ler a Bíblia e Entendê-la Mais Fácil

Todos os  Cursos Evangélicos 

14 – Seja fiel em pensamento, palavras e ações

A fidelidade é um assunto muito sério. Vemos tantos casamentos desfeitos porque o homem ou a mulher olhou para o lado, viu alguém muito atraente, não conseguiu (porque não se esforçou o bastante) tirar a pessoa do pensamento e acabou fazendo besteira. “No adultério há pelo menos três pessoas que se enganam.” Carlos Drummond de Andrade. A qualquer sinal de alerta, fuja da tentação.

 

15 – Peça perdão e perdoe

Somos seres imperfeitos e algumas vezes metemos os pés pelas mãos. Sempre que isso acontecer não adie um pedido sincero de desculpas. Sempre que seu cônjuge lhe magoar, perdoe-o prontamente. Dar e receber perdão são essenciais para uma vida plena a dois.

Em suma, o segredo para um casamento feliz é fazer o bem, ser correto no agir, no falar e no pensar. É tratar o outro como gostaríamos de ser tratados. Sempre que você tiver dúvida sobre o impacto de uma palavra ou decisão sobre o seu casamento, coloque-se no lugar do seu cônjuge. Você saberá o que fazer.

Deus Abençoe seu Casamento

Fonte do Estudo:

www.esbocandoideias.com

Não use o nome de DEUS em Vão

Não use o nome de DEUS em Vão

Despertar o seu Ministerio

Não mande mas mensagem usando o nome de Deus em vão”As pessoas ficam mandando mensagem dizendo que se a gente não enviar vai acontecer alguma coisa, a maioria delas vem jogando uma praga a quem não enviar, Deus nunca faria uma coisa assim…

O amor por Deus se demonstra com atitudes e não com mensagens .AMEAÇADORAS, LANÇANDO MALDIÇÃO….Se você concorda repasse vamos ver se lendo o povo para de usar o nome de DEUS em VÃO.

Copie essa Mensagens e mande nos seu grupos Compartilhar, devemos levar mas a serio o Nome DEUS, a pronuncia verdadeira DEUS se perdeu era porque eles tinha reverencia ao nome DEUS e hoje não descaso disso.

Um Curso prático para a formação de Pregadores!

YHWH na Bíblia

A Enciclopédia Judaica diz que o Tetragrama aparece 5.410 vezes na Bíblia, com a seguinte frequência nos livros conforme a divisão da Bíblia Hebraica: Gênesis 153, Êxodo 364; Levítico 285, Deuteronômio 230 (1.419 vezes na Torá/Pentateuco); Josué 170; Juízes 158, Samuel 423, Reis 467, Isaías 367, Jeremias 555, Ezequiel 211, Profetas menores 345 (2.696 vezes nos ‘profetas’); Samos 645, Provérbios 87, Jó 31, Rute 16, Lamentações 32, Daniel 7, Esdras e Neemias 31, Crônicas 446 (1.295 vezes nos ‘Escritos’).

YHWH é a forma mais comum para indicar o nome de Deus, mas não é a única. Há alguns livros em que o tetragrama não aparece: Cântico dos Cânticos, Eclesiastes (Qoelet) e Ester. Em muitas passagens a Bíblia usa Elohim.

Os judeus consideram o nome divino tão sagrado a ponto que não devem pronunciá-lo. A pronúncia, por causa desse preceito, foi perdida e não se sabe como deve ser dito. 

curso-de-teologia                 preparacao-presbiteros

 

divulgacao-do-canal

Sexo antes do casamento é errado?

 Sexo antes do casamento é errado?

“Pois isto é o que Deus quer, . . . que [rejeiteis a] fornicação.” — 1 Tessalonicenses 4:3.

O QUE AS PESSOAS DIZEM
Certas culturas toleram atividade sexual entre adultos não casados quando há consentimento mútuo. Em alguns lugares, é considerado aceitável que adolescentes solteiros se envolvam em alguma forma de intimidade sexual.

O QUE A BÍBLIA DIZ
Na Bíblia a palavra “fornicação” se refere à atividade sexual fora do casamento. Deus espera que seus adoradores rejeitem a fornicação. (1 Tessalonicenses 4:3) Fornicação é considerada um pecado grave, assim como adultério, espiritismo, bebedeira, idolatria, assassinato e roubo. — 1 Coríntios 6:9, 10; Revelação (Apocalipse) 21:8.

POR QUE É UM ASSUNTO IMPORTANTE

A Bíblia nos avisa que “Deus julgará os fornicadores”. (Hebreus 13:4) Mais importante ainda, obedecermos às leis divinas sobre moralidade sexual prova nosso amor a Jeová Deus. (1 João 5:3) Ele, por sua vez, abençoa aqueles que observam os seus mandamentos. — Isaías 48:18.

É imoral duas pessoas não casadas terem intimidade sexual?
“A fornicação e a impureza de toda sorte, ou a ganância, não sejam nem mesmo mencionadas entre vós.” — Efésios 5:3.

O QUE AS PESSOAS DIZEM
Muitas acreditam que não há nada de errado em duas pessoas não casadas terem intimidade sexual, desde que não seja a relação sexual propriamente dita.

Matérias para auxilia no seu Ministério.

– Teologia sem mensalidades (Comece aqui!!!)

-Kit Curso Pregador Completo! (Comece aqui!!!)

– Memorização Fácil da Bíblia (Comece aqui!!!)

– Formação de Professores Para o Ministério Infantil (Comece aqui!!!)

-Curso Teclado para Igrejas ( Comece aqui!!!)

– Outros Materiais  Cristão para sua Preparação. (Comece aqui!!!)

O QUE A BÍBLIA DIZ
Quando fala de práticas sexuais imorais, a Bíblia menciona, além da fornicação, “impureza” sexual e “conduta desenfreada”. (2 Coríntios 12:21) Assim, existem várias formas de intimidade sexual que ofendem a Deus quando praticadas fora do casamento, mesmo que não cheguem a ser relação sexual.

Segundo a Bíblia, a intimidade sexual está restrita ao homem e à mulher casados um com o outro. Ela também condena o “cobiçoso apetite sexual”. (1 Tessalonicenses 4:5) O que isso significa? Considere o seguinte exemplo: um casal de namorados talvez decida não ter relações sexuais antes do casamento. Mas, se permitem outras intimidades sexuais. Por fazer isso, estão cobiçando, ou desejando, algo que não lhes pertence. Isso seria “cobiçoso apetite sexual”. Essa ganância sexual é condenada pela Bíblia. — Efésios 5:3-5.

Como você pode evitar a imoralidade sexual?
“Fugi da fornicação.” — 1 Coríntios 6:18.

POR QUE É UM ASSUNTO IMPORTANTE
De acordo com a Bíblia, aqueles que fazem sexo antes do casamento põem em risco a sua amizade com Deus. — Colossenses 3:5, 6.

O QUE A BÍBLIA DIZ

A Bíblia aconselha as pessoas a ‘fugir da fornicação’. (1 Coríntios 6:18) Isso significa que uma pessoa deve ficar o mais longe possível de qualquer coisa que possa levá-la a cometer imoralidade sexual. (Provérbios 22:3)

Por exemplo, para permanecer moralmente limpo, é essencial não ter amizade com pessoas que rejeitam os princípios de Deus sobre o sexo. A Bíblia avisa:

“Quem anda com pessoas sábias tornar-se-á sábio, mas irá mal com aquele que tem tratos com os estúpidos.” — Provérbios 13:20.

Alimentar a mente com pensamentos imorais também pode levar à imoralidade sexual. (Romanos 8:5, 6) Assim, é sábio evitar músicas, vídeos, material impresso e qualquer outra coisa que promove conduta e relações sexuais que ofendem a Deus. — Salmo 101:3.

Conclusão: Devemos pedi a Deus sabedoria, e nos separa do mundo para DEUS para o seu Proposito.

O Propósito de Deus para a Família

O Propósito de Deus para a Família

“Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; Se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela” (Salmo 127:1).

Eu vos digo, porém, que qualquer que repudiar ( separa ou abandona ) sua mulher, não sendo por causa de prostituição, e casar com outra, comete adultério; e o que casar com a repudia também comete adultério. Mateus 19:9

(Ver 1 Co7:9, Mc 10:11-12 e Lc16:18)
Quantos votos matrimoniais são tomados diante de Deus e dos homens?

Infelizmente muitos votos são tomados levianamente, é só surgirem as dificuldade e interferência de terceiros (amante), e a tentação de quebrar este voto se torna quase insuperável: uma vez que as bênçãos de Deus foram invocadas sobre o casal, os votos de lealdade adquirem caráter religioso, quebra lós não é coisa trivial. Não é de esperar que os pretextos alegados para justificar um divórcio sejam aceitos no tribunal divino, ainda que um juiz terrestre aceite ou legitime.

teologia-fundo-verde

O casamento foi instituído por Deus.

Medite: Gêneses 2:18-24.
Venerado seja entre todos os matrimônio e o leito sem mácula; porém, aos que se dão à prostituição, e aos adúlteros,
Deus os julgará. Hebreus 13:4.
Os casais que vivem juntos sem serem casados legalmente devem casar-se ou separar, porque a mulher está sujeita ao marido enquanto ele vive, sendo assim, será chamado de adultera se vivendo o marido for de outro homem.

Porque a mulher que está sujeita ao marido, enquanto ele viver está-lhe ligada pela lei; mas, morto o marido, está livre da lei do marido. De sorte que, vivendo o marido, será chamada adúltera se for de outro marido; mas, morto o marido, livre está da lei, e assim não será adúltera, se for de outro marido.
Romanos 7:2-3

Longe dela seja o teu caminho, e não te chegues à porta da sua casa; Para que não dês a outrem a tua honra, e não entregues a cruéis os teus anos de vida; Para que não farte a estranhos o teu esforço, e todo o fruto do teu trabalho vá parar em casa alheia; E no fim venhas a gemer, no consumir-se da tua carne e do teu corpo. Provérbio 5:8-11

Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus?
1 Coríntios 6:9
Não vos enganeis…
Medite: 1 Coríntios 6:10

Assim ficará o que entrar à mulher do seu próximo; não será inocente todo aquele que a tocar. Provérbios 6:29
Todavia, aos casados mando não eu, mas o Senhor, que a mulher não se aparte do marido. Se, porém, se apartar, que fique sem casar, ou que se reconcilie com o marido;
e que o marido não deixe a mulher.

1 Coríntios 7:10-11

Assim também vós, cada um em particular, ame a sua própria mulher como a si mesmo, e a mulher reverencie o marido.
Efésios 5:33
Assim devem os maridos amar as suas próprias mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo.

Efésios 5:28

Mas, se alguém não tem cuidado dos seus e principalmente dos da sua família, negou a
Fé e é pior do que o Infiel (ou incrédulo).
1 Timóteo5:8

Matérias para auxilia no seu Ministério.

-Teologia sem mensalidade ( Comece aqui)

-Aprenda a Memoriza Fácil a Bíblia ( Comece aqui)

-Kit Curso do Pregador ( Comece aqui)

-Outros Matérias ( Comece aqui)

Todos os Produtos e Cursos Evangélicos Clique aqui 

O Propósito de Deus para a Família